O que eu preciso saber sobre meus competidores? Veja como analisar a concorrência

Ao seguir o método 8Ps, a pesquisa (1ºP) não deve ser feita apenas para você escolher um nicho de mercado, conhecer o seu cliente ideal e montar a sua persona. Você precisa também recolher o máximo de informação possível sobre os seus competidores. Lembre-se que outras empresas estarão disputando os mesmos consumidores com você, independentemente de sua área.

O conhecimento profundo dos seus competidores é fundamental para o planejamento (2ºP) de seu negócio. Com esses valiosos dados sobre os seus rivais, você poderá detectar brechas no mercado, identificando onde é melhor investir as suas forças (tempo, dinheiro e energia) para fazer o seu negócio prosperar.

Ao pesquisar os seus competidores, busque informações sobre preços, produtos, conteúdos, comunicação, ofertas, pontos de valor, entrega, principais clientes e quais soluções que essas empresas oferecem para os problemas de seus consumidores. Em um processo de compra, as pessoas tomam a decisão não só pelo preço. Elas também decidem por conta do alinhamento da oferta do vendedor com seus pontos de valor e por causa da solução prometida para resolver um problema. Você precisa saber de tudo isso.

Um erro que você não pode cometer é achar que todas as empresas com produtos similares aos seus são suas concorrentes. Você precisa identificar se a categoria de produtos dessa empresa é a mesma da sua para, aí sim, colocá-la ou não como uma rival. Uma montadora que fabrica carros populares, por exemplo, não concorre com uma que faz veículos de luxo. São segmentos totalmente diferentes, mesmo estando no mercado automobilístico.

Em contrapartida, empresas de mercados totalmente diferentes do seu podem se tornar competidores de seu negócio. Se você vende carros, uma agência de viagens – com pacotes com preços similares aos de seus veículos – pode ser sua concorrente, já que o seu público pode ter que escolher entre o seu produto ou o dela em determinado momento. Por isso, ao fazer a pesquisa, pense em outros mercados, não apenas no seu.

Após levantar todas as informações de seus principais competidores, o ideal é montar uma tabela com os seguintes aspectos deles: posicionamento (posição que a marca ocupa na cabeça do consumidor), os pontos fortes e fracos, as soluções, os conteúdos, os produtos e a autoridade. Com essa tabela preenchida, você conseguirá enxergar soluções para superar os seus competidores.

Leave A Response

* Denotes Required Field