Veja quais os erros que você não deve cometer ao montar seu funil de vendas

Depois de realizar a Pesquisa, o segundo passo do vendedor é começar a montar o seu funil de vendas. Porém, muitas empresas cometem erros comuns nessa etapa do Método 8Ps. Um funil de vendas efetivo deve vender muito e todos os dias. Para isso, porém, precisa ter congruência entre o público escolhido, o posicionamento, os pontos de valor do seu cliente ideal, os anúncios, os conteúdos e as ofertas.

Um dos principais erros que um vendedor comete ao montar o seu funil de vendas é ser incongruente. Todos os aspectos do seu funil devem estar alinhados. Por exemplo, se o seu produto é um serviço de consultoria automobilística, como foco em veículos usados, o seu conteúdo deve ser congruente com esse posicionamento. Um erro, nesse caso, seria a produção de um material sobre as vantagens de ter carro zero. Ou usar a imagem de um veículo zero em um texto sobre automóveis usados.

Outro erro de congruência muito comum acontece quando o vendedor possui diversos produtos. Cada funil deve ter um produto, os conteúdos relacionados a essa solução e o público específico. Porém, muitas vezes, o empresário acaba aglutinando todos os produtos e conteúdos em um único funil. Isso acaba gerando uma confusão nos consumidores. A jornada do seu consumidor deve ser clara e não pode gerar desentendimentos.

O timing para fazer uma oferta é outro aspecto fundamental no planejamento de seu funil de vendas. Muitos vendedores escolhem o momento errado de fazer a oferta e isso acaba prejudicando a taxa de conversão de vendas. Ao longo do tempo, o funil de vendas vai perdendo consumidores. Entretanto, não há uma regra geral para o tamanho de seu funil. Isso vai depender do seu segmento de mercado e seu produto.

Funis longos constroem muito valor, mas costumam vender menos porque poucos consumidores chegam até o final dele. Geralmente, essa estratégia é utilizada para produtos com preços e valores elevados, Esse tipo de solução depende de muitos conteúdos de qualificação e de consumidores engajados. Existe todo um trabalho de convencimento do lead. Já os funis mais curtos não constroem tanto valor, mas costumam levar mais consumidores ao fim do processo. São mais utilizados para produtos mais baratos, já que a decisão ou não pela compra é mais rápida.

Assim, para saber qual o funil certo para cada caso, o vendedor precisa saber as características do produto e para que público está vendendo. A próxima etapa, então, é por o planejamento em prática e testar. No 8ºP (Precisão), você vai mensurar os resultados e saberá o que precisa ser mudado para tornar a sua máquina de vendas mais efetiva.

 

Leave A Response

* Denotes Required Field